segunda-feira, 16 de maio de 2011

Regra e Vida - Comentário II

Capítulo I - A Ordem Franciscana Secular (OFS)

2. No seio da dita família, ocupa posição específica a Ordem Franciscana Secular que se configura como uma união orgânica de todas as fraternidades católicas espalhadas pelo mundo e abertas a todos os grupos e fiéis. Nelas, os irmãos e as irmãs, impulsionados pelo Espírito a atingir a perfeição da caridade no próprio estado secular, são empenhados pela Profissão a viver o Evangelho à maneira de São Francisco e mediante esta Regra confirmada pela Igreja’.


Somos uma grande família. Estamos no mundo todo. A pergunta é fazemos a diferença que deveríamos nesse mundo? Chegamos perto do que fizeram os penitentes, quando não portavam armas e fizeram um papa emitir um documento oficial desobrigando-os da proibição de lutar ou defender-se através de objetos de ataque? Não temos que fazer grandes coisas e chamar a atenção do mundo, mas precisamos ter posicionamentos firmes diante da falta de ética e o desordenamento social que vivemos. Francisco, como sabemos era firme. Santa Clara também o era. Firmeza não é perda de caridade e respeito. Não é perda deobediência. Firmeza é acreditar no Evangelho, que nos possibilita uma cruz para carregar e uma porta estreita para entrarmos. Sabemos que a profissão é o momento em que dizemos sim ao que aprendemos, sobre a Regra as Constituições e tudo o quanto nos é obrigatório saber.Porém deveria ser o momento em que afirmamos, a partir de uma leitura diária do Evagelho, o quanto ele é importante para a nossa vida e crescimento na fé.

Regra e Vida - Comentário I


Capítulo I - A Ordem Franciscana Secular (OFS)
1. Entre as famílias espirituais, suscitadas pelo Espírito Santo na Igreja, a Família Franciscana reúne todos aqueles membros do Povo de Deus, leigos, religiosos e sacerdotes, que se sentem chamados ao seguimento do Cristo, à maneira de São Francisco de Assis. Por modos e formas diversas, mas em recíproca comunhão vital, eles querem tornar presente o carisma do comum Pai Seráfico na vida e na missão da Igreja.

Existem muitas famílias espirituais na Igreja. Cada uma tem seu fundador e seu modo próprio de colocar-se a serviço do Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo. A nossa forma é a que São Francisco viveu. Nossa inspiração é ele. Nosso modo de viver é o dele. Por isso devemos nos embriagar de seus exemplos e palavras. Devemos conhecer sua vida e seus ensinamentos. Mas principalmente vivê-los. Não podemos ser só formalistas e ritualistas Não podemos deixar de lado a formalidade necessidade primeira para a organização burocrática, jurídica e eclesial da ordem, porém isso não deve ser o fim de nossa vivência e nossas discussões.Não devemos deixar de lado os rituais, pois o próprio fundador viveu-os de forma exemplar, porém se um irmão estiver com fome, gritando de madrugada, temos que parar o jejum para não o fazer envergonhar-se. Paz e bem!

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Isso infelizmente é fantástico!

Indignação! Isso é o que senti ao assistir o programa Fantástico da Rede Globo ontem dia 08/05/2011, Dia das Mães. Para pessoas que acreditam na educação como caminho para a solução de vários de nosssos problemas como nação, é o sentimento de tristeza que nos invade, quando assistimos a tal teor jornalístico.
A primeira noticia foi a da merenda escolar. Crianças sem merenda, com merenda estragada e com merenda que só é engodo, pois não tem teor vitamínico e protéico. Pior, propinas, cardápios falsos, funcionários roubando, alimentos armazenados de forma imprópria e a cara de pau das autoridades, de funcionários responsáveis por administrar os recursos e a falta de vergonha das empresas que deveriam cuidar da alimentação de nossos pequenos irmãos brasileiros de forma carinhosa e preocupada.
A segunda foi relacionada ao ProUni. Outra vergonha! Alunos que já começam a vida a partir de mentiras e artimanhas, a fim de conseguir vagas nas universidades particulares. Universidades que enganam o governo a fim de conseguir investimentos sem dar a contrapartida.
Não sei o que dizer, vemos um grande problema. Nosso pais cresce economicamente e regride eticamente. As pessoas não tem mais exemplos éticos para seguir. Tudo está se deteriorando.
Diante disso o que fazer? Temos que ser a resistência. Acreditar que um mundo melhor é possivel. Não desanimar. Mas temos que realmente acreditar em mudar. Sair de nossos mundinhos e abandonar nossos pequenos poderes. Juntar as mãos e sair de casa em busca de um horizonte melhor. Paz e bem!

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Bin Ladem Morreu! Comemorar o que?

As vezes, fico preocupado quando vejo a alegria do ser humano ao tomar conhecimento de uma notícia como a que tivemos hoje. O Presidente Norte-Americano Barack Obama, disse orgulhoso que havia recebido a notícia do assassinato do "criminoso internacional", inimigo número 1 do ocidente, Osama Bin Ladem.O mundo euforico começou a comemorar tal feito.Mas será que devemos realmente comemorar. Quando alguém como o Saudita morre deveríamos era refletir. Precisamos observar que isso na verdade é uma derrota. Como criaturas de Deus não conseguimos proporcionar a paz e a unidade entre nós.
Na verdade, estamos criando mais inimigos ainda em nome de Cristo. Olhamos o outro com indiferença e no achamos superiores, por que temos o Cristo. Será que isso é verdade?
Apesar de muitos comemorarem, acredito que Osama Bin Ladem e os milhões de inimigos do cristianismo, vem da nossa dificuldade de entender as diferenças. Além disso cremos sempre que nossa cultura é superior as outras. Por isso essa guerra, e infelizmente o Osama é mais um fruto de nossas limitações.
Ainda bem que Francisco de Assis fez diferente quando foi até o Califa e dialogou, em vez de diminuir o outro, ou seja o diferente. Infelizmente, isso se perdeu na história! Precisamos analisar esse exemplo de forma mais cuidadosa e descobrir que o Pobre de Assis investia muito mais no homem que na natureza. Ao investir no homem o fazia pensar em tudo que estava a seu redor. Essa era grande transformação.Paz e Bem!